Procuradoria do STJD denuncia Grêmio por invasão de torcedores - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

terça-feira, 2 de novembro de 2021

Procuradoria do STJD denuncia Grêmio por invasão de torcedores

 


A Procuradoria do STJD denunciou o Grêmio nesta segunda-feira por conta da invasão de torcedores diante do Palmeiras, no último domingo. O órgão solicita ainda uma liminar para que o time gaúcho atue com portões fechados nas partidas como mandante e fique proibido da carga de ingressos nos jogos em que for visitantes até a conclusão do julgamento.

O clube foi denunciado por não prevenir e conter invasão, desordens e lançamentos de objetos, além de não deixar o estádio com a infraestrutura necessária para assegurar a realização da partida com segurança. A liminar será analisada pelo presidente do STJD do Futebol, Otávio Noronha.

O árbitro do jogo, Sávio Pereira Sampaio, relatou na súmula o ocorrido. “Informo que, ao término da partida, quando a equipe de arbitragem e atletas se encontravam no campo de jogo, um grupo de torcedores do Grêmio FBBA localizados na arquibancada norte, no setor sem cadeiras, invadiu o campo de jogo, alguns destes torcedores estavam com objetos não identificados, se dirigindo à entrada do túnel de acesso aos vestiários. Neste momento, por questão de segurança, a equipe de arbitragem se deslocou para o vestiário. Já no vestiário, em segurança, através de imagens publicadas na internet pelo site globoesporte.com, constatamos que este grupo de torcedores quebrou a cabine e o monitor do VAR, equipamentos de transmissão, microfones, painel de publicidade e de entrevista”, destacou.

“Logo após a estes atos, este grupo de torcedores regressou em direção à arquibancada, próximo à escada de acesso. Informo ainda que outros torcedores da equipe do Grêmio FBPA invadiram o campo de jogo, pela escada de acesso, na arquibancada norte, setor sem cadeira, confrontaram os policiais, agrediram seguranças, arremessando cadeiras e outros objetos não identificados. Após estes incidentes, estes torcedores evadiram do campo e regressaram à arquibancada. Em outro setor, nas cadeiras superiores, alguns torcedores da equipe do Grêmio FBPA e SE Palmeiras trocaram socos, mesmo separados por uma grade de proteção, logo após, foram contidos pelos seguranças do estádio e se dispersaram. Informo que até o fechamento desta súmula, fui informado pelo delegado da partida, sr. Marcos Roberto Caduri de Almeida que o registro de ocorrência policial consta em andamento e está sendo acompanhado pelo mesmo”, completou o árbitro.

O lateral-direito Rafinha também foi citado na súmula e denunciado por ofensa. O jogador do Grêmio estava suspenso e não foi relacionado para a partida, mas ofendeu o juiz durante o intervalo.

“Informo que no intervalo da partida quando a equipe de arbitragem se deslocava para o vestiário, na zona mista, o atleta não relacionado, sr. Márcio Rafael Ferreira de Souza, da equipe do Grêmio FBPA, proferiu as seguintes palavras, de forma ofensiva, desrespeitosa, em alto tom de voz por repetidas vezes à equipe de arbitragem: “Vocês vão se f****, vieram nos prejudicar”. Ao final da partida, quando a equipe de arbitragem se deslocava para o vestiário, na zona mista, o atleta não relacionado, sr. Márcio Rafael Ferreira de Souza, da equipe do Grêmio FBPA, proferiu as seguintes palavras de forma ofensiva, desrespeitosa, em alto tom de voz por repetidas vezes à equipe de arbitragem: “Você e o Igor do VAR vieram nos prejudicar, vai se f****, vai tomar no c*”. informo que toda a equipe de arbitragem se sentiu ofendida”, relatou Sávio.

Diante dos acontecimentos, o Grêmio emitiu comunicado nesta segunda informando que trabalha para identificar os invasores e tomarás as providências necessárias internamente.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria)

Nenhum comentário: