Com 5 vitórias, Luverdense tenta na Copa do Brasil manter histórico positivo contra Red Bull Bragatino - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

quarta-feira, 24 de março de 2021

Com 5 vitórias, Luverdense tenta na Copa do Brasil manter histórico positivo contra Red Bull Bragatino

 


Com histórico de oito jogos, o Luverdense Esporte Clube leva a melhor no duelo contra o Red Bull Bragantino (SP). São cinco vitórias do Verdão do Norte (63% de aproveitamento), duas do time paulista (25%) e um empate. O LEC ainda tem vantagem nos gols. Somando todos os confrontos, marcou 15, enquanto o Massa Bruta anotou oito tentos.

Agora, os times serão colocados frente a frente na segunda fase da Copa do Brasil e o Verdão do Norte tentará manter o saldo positivo diante dos paulistas, para avançar a próxima etapa da competição nacional. A partida será no Passo das Emas, nos dias 7 ou 14 de abril. Em caso de empate, o classificado sairá nos pênaltis.

O primeiro jogo entre os times foi em maio de 2014, válido pelo Campeonato Brasileiro da Série B, e terminou com vitória do Luverdense, por 2 a 0, no Passo das Emas. A última vez que se encontraram foi em julho de 2018, com mais uma vitória do time mato-grossense, por 3 a 1, na Série C, jogando em casa.

A maior goleada do duelo também é do Luverdense. Em 2016, na Série B, em seus domínios o time do Lucas do Rio Verde aplicou 4 a 0, nos paulistas. Com o confronto na Copa do Brasil, o Red Bull Bragantino se tornará a equipe paulista mais presente na história do Luverdense.

Apesar do retrospecto positivo, as equipes vivem momentos totalmente opostos. O time paulista, por exemplo, recebeu investimento milionário na última temporada, na casa dos R$ 80 milhões somente em contratações. Para esta temporada, o investimento já foi superior a R$ 6,4 milhões, e planejamento de brigar por títulos nacionais até 2022. Em 2019, foi campeão da Série B do nacional.

Na última temporada, terminou o Brasileirão na 10º colocação, com 53 pontos. Já no Campeonato Paulista, foi eliminado pelo Corinthians nas quartas de final e conquistou o Troféu Interior. Na Copa do Brasil, foi eliminado pelo campeão Palmeiras nas oitavas de final. Este ano, disputará, além das três competições de 2020, a Copa Sul-Americana. A folha salarial é superior a R$ 2,8 milhões.

Além disso, o time conseguiu renovar o contrato até 2024 e manter o meia-atacante Claudinho. Artilheiro do Brasileirão, ao lado de Luciano, com 18 gols, o jogador foi eleito revelação e craque do campeonato nacional, sendo um dos jogadores com maior destaque no cenário brasileiro em 2020, despertando interesse de times europeus.

O Luverdense, por outro lado, vive momento de reconstrução, depois de viver o ápice com atuações memoráveis diante de gigantes. Chegou à Série B do Brasileiro em 2013 e permaneceu até 2017, quando caiu para a C. De 2018 para cá, vive quedas. Em 2019, foi rebaixado para a Série D. No ano passado, em meio a pandemia, ficou próximo de fechar as portas devido a grande crise financeira. Chegou, inclusive, a desistir a quarta divisão do nacional.

Também não conquista o Campeonato Mato-grossense desde 2016 e no ano da maior crise da história, brigou para não cair até a última rodada, garantindo permanência em vitória contra o Mixto, adversário direto na lanterna. Nas quartas de final, conseguiu momento de redenção e eliminou o favorito Cuiabá.

Já nas semifinais, não suportou a pressão e foi eliminado pelo campeão Nova Mutum, após um empate e uma derrota. Na disputa da terceira colocação, que valia vaga para a Copa do Brasil, conseguiu bater o Dom Bosco, em decisão emocionante nos pênaltis.

Em 2021, Jaime Binsfeld assumiu a presidência do clube e busca recuperação. No entanto, a temporada não vem sendo positiva. Apesar de empatar com o Uberlândia (MG) e avançar de fase na Copa do Brasil (que resultou no duelo contra o Red Bull), ainda não venceu na temporada. Foram seis jogos, com duas derrotas e quatro empates. Sofreu 6 gols e fez três.

Outro fator, é que o LEC vem de troca recente de treinador, com a saída de Eduardo Henrique (que estava desde novembro) e chegada de Raul Cabral, que terá pouco tempo de preparação para um dos jogos mais importantes do ano para o Luverdense, contra os paulistas.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias)


Nenhum comentário: