Com pênaltis perdidos, Corinthians empata contra Deportivo Cali e vê Boca mais perto - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

quinta-feira, 5 de maio de 2022

Com pênaltis perdidos, Corinthians empata contra Deportivo Cali e vê Boca mais perto

 


O Corinthians foi ao estádio Coloso de Palmaseca, em Palmira, na Colômbia, e apenas empatou por 0 a 0 com o Deportivo Cali, pela quarta rodada da Libertadores, com um pênalti para cada lado – um defendido por Cássio e outro desperdiçado por Fábio Santos. No mesmo horário, o Boca Juniors, antes lanterna, venceu o Always Ready, em La Paz, e chegou aos seis pontos, na cola do Alvinegro, que ainda é líder do grupo E, agora com sete pontos.

No primeiro tempo, após perder Fagner nos minutos iniciais por lesão, o Timão levou um susto em chute de longa distância de Gutiérrez, defendido por Cássio. Depois, porém, teve três chances com Mantuan. No retorno do intervalo, o Cali quase abriu o placar, mas Fábio Santos tirou a bola, que ia a caminho do gol.

Aos 21 minutos, Cássio cometeu pênalti, mas defendeu a cobrança de Gutiérrez. Já aos 38, Júnior Moraes, que tinha acabado de entrar, sofreu pênalti, também de goleiro, o De Amores, mas Fábio Santos mandou a bola por cima do gol.

O próximo compromisso da equipe será no domingo, às 18h (de Brasília), no Nabizão, contra o RB Bragantino, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, no qual o Timão também é líder, com nove pontos. Pela Libertadores, o time só entra em campo novamente no dia 17 de maio, aí em luta direita pelo primeiro lugar, para enfrentar o Boca Juniors, na Bombonera.

O jogo – Com apenas quatro minutos de partida, o Corinthians teve uma baixa importante. O lateral-direito Fagner pisou errado no gramado, sentiu lesão e pediu para ser substituído. Em seu lugar, entrou Lucas Piton, que atua pela esquerda, já que Rafael Ramos não foi inscrito e João Pedro está lesionado e não viajou.

Aos 12 minutos, o Alvinegro chegou pela esquerda, com cruzamento de Jô para a área, mas Caldera chegou para fazer o corte. O centroavante, pouco depois, fez pivô para chegada de Du Queiroz, mas a bola explodiu na marcação.

Aos 22, Rodríguez conseguiu cruzar para a área de Cássio, mas a bola passou por todos e Mantuan sofreu falta, do outro lado. Minutos depois, o goleiro precisou fazer grande defesa após chute de Gutiérrez. A resposta veio, com perigo, em lance de Mosquito pela esquerda, que cruzou para Jô, que ajeitou para Maycon, que passou para Mantuan, em chute para grande defesa de De Amores.

O Corinthians chegou novamente aos 30, em novo chute de Mantuan, mas De Amores saiu bem e tirou. Gustavo Silva também teve sua chance pelo lado esquerdo, mas a defesa novamente tirou. Aos 38, a melhor chance dos visitantes, quando Jô, após receber de Du Queiroz pela esquerda, cruzou para a área e Mantuan mandou por cima do gol. Du ainda arriscou um chute de fora da área, com defesa tranquila.

No entanto, no retorno do intervalo, se não fosse Fábio Santos no lugar certo, o Cali teria aberto o placar com um minuto, em chute de Vásquez, após Cássio ter saído para diminuir o campo do atacante. Logo depois, Mosquito partiu pela direita com velocidade, mas foi parado com falta por Mafla, que foi amarelado. Na cobrança, Maycon chutou e ninguém chegou para finalizar.

Mosquito novamente sofreu falta indo para ataque, também amarelando o jogador adversário (Burdisso). Na cobrança, Maycon cobrou e Jô apareceu para cabecear, mas De Amores fez grande defesa. Aos 16, foi a vez do Cali aparecer. Em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Gutiérrez, que chutou para Cássio defender. Aos 18, o goleiro foi driblado e acabou cometendo pênalti em Rodríguez. Na cobrança, o arqueiro cresceu e defendeu chute no cantinho de Gutiérrez, garantindo o 0 a 0.

Aos 29, Renato Augusto, pela direita, passou para Mantuan, que cruzou para Maycon, mas o volante chutou por cima do gol, quase sem goleiro, em outra grande chance desperdiçada. Aos 38, Júnior Moraes foi derrubado na área por De Amores e um pênalti foi marcado. Na cobrança, Fábio Santos, que não costuma perder, mandou para fora. Na sequência, em bom lance entre Piton e Jr Moraes, o lateral chutou novamente para fora. O jogo terminou 0 a 0.

Gazeta Esportiva (foto: Rodrigo Coca/assessoria)

Nenhum comentário: