COB reduz público e reforça protocolos de segurança contra COVID para o Congresso Olímpico Brasileiro - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

COB reduz público e reforça protocolos de segurança contra COVID para o Congresso Olímpico Brasileiro

 


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) definiu os protocolos de prevenção à COVID-19 que serão implementados para garantir a realização segura da segunda edição do Congresso Olímpico Brasileiro, em Salvador (BA). Várias medidas foram estabelecidas pela área médica do COB, seguindo as orientações das autoridades em saúde no país, levando a uma redução de 50% da capacidade de público durante o evento no Centro de Convenções Salvador, nos dias 19 e 20 de março.

“Nossa preocupação é trazer a maior segurança possível para os participantes do Congresso Olímpico Brasileiro. Assim, elaboramos um protocolo baseado nas orientações sanitárias das autoridades em saúde e no contexto nacional. Estamos valorizando o cuidado com cada um ali dentro”, enfatizou a gerente-médica do COB, Ana Carolina Côrte, que afirmou ainda que este tem sido o formato de diversos eventos presenciais no Brasil. 

+ Conheça os palestrantes internacionais e nacionais já confirmados no Congresso Olímpico Brasileiro

Todos os participantes do evento deverão apresentar um dos comprovantes a seguir: Carteira de vacinação completa: 2 doses das vacinas Coronavac, Pfizer, AstraZeneca ou 1 dose para a Janssen; ou exame RT-PCR negativo de até 72 horas antes; ou exame antígeno negativo de até 24 horas. Além disso, o uso de máscaras será obrigatório, as cadeiras estarão com distanciamento e também será disponibilizado álcool em gel por todo evento para que seja possível realizar a higienização das mãos com frequência. 

“O COB está bastante atento à evolução da situação da COVID-19 no país e considera com muito cuidado e atenção as orientações médicas estabelecidas, tendo como prioridade a saúde de todos. O Congresso Olímpico Brasileiro seguirá rigidamente um protocolo de segurança, estabelecido pela área médica do COB, além das normas previstas na legislação do Estado da Bahia e do Município de Salvador. O cuidado individual de cada participante é essencial neste momento”, afirmou o diretor-geral do COB, Rogério Sampaio.

Com o tema principal “Planejamento, um referencial de futuro para o Esporte Olímpico”, o Congresso Olímpico terá uma programação diversificada com palestras de especialistas internacionais e nacionais, vivências, exposições e discussões sobre o futuro do esporte. Os ingressos são limitados e estão disponíveis em https://congresso.cob.org.br/inscricao.

Uma seleção de craques em suas áreas de atuação já foi anunciada tendo palestrantes como o treinador tricampeão olímpico José Roberto Guimarães; o gerente de Pesquisa e Inovação de Desempenho do Comitê Olímpico Holandês, Kamiel Maase; e o autor de best sellers internacionais e Ph.D em Marketing, Jonah Berger, e o futurista e humanista alemão Gerd Leonhard. Haverá ainda uma mesa-redonda para debater o papel da mulher no esporte, com a mediação da medalhista olímpica de vela Isabel Swan, e a participação da também medalhista olímpica e atual CEO da Confederação Brasileira de Vôlei, Adriana Behar, da treinadora americana de atletismo, Sheila Burrell, da ginecologista esportiva Tathiana Parmigiano, e da psicóloga Adriana Lacerda.

Outra novidade da segunda edição será o Prêmio Esporte Inovação, que vai escolher os melhores projetos em gestão e inovação que apresentarem soluções concretas para os desafios enfrentados no esporte nacional. Os cinco finalistas vão concorrer a grandes prêmios, como participar dos Jogos Olímpicos Paris 2024. A votação e o anúncio dos ganhadores serão realizados durante o segundo dia do Congresso.


Fonte: COB

Nenhum comentário: