Jorginho diz que arbitragem está fazendo ‘absurdo’ com o Cuiabá; “eu não vou me calar” - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Jorginho diz que arbitragem está fazendo ‘absurdo’ com o Cuiabá; “eu não vou me calar”

 


Após a derrota, por 3 a 1, diante do Palmeiras, ontem à noite, o técnico Jorginho voltou a criticar duramente a arbitragem, comandada por Paulo Roberto Alves Júnior, na Arena Pantanal. A maior insatisfação do treinador, é um possível pênalti que não foi marcado em cima de Elton, aos 30 minutos do segundo tempo, quando o Dourado perdia por 2 a 1. O lance não foi checado no VAR.

“A responsabilidade sempre será minha, como treinador, mas preciso expressar a minha indignação com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), uma casa que trabalhei muito tempo como treinador, como jogador. É inadmissível a CBF reconhecer um erro contra o Bahia e o árbitro não reconhecer, tem alguma coisa errada, literalmente o poste está fazendo xixi no cachorro, é impossível o que está acontecendo, tudo contra o Cuiabá não há nenhum tipo, de pelo menos, boa vontade para buscar o VAR, dar uma olhada e saber se realmente aconteceu”.

Jorginho ainda expressou que por mais “tentem”, o Cuiabá não vai cair. “Quero colocar minha indignação em relação a isso, não quero dizer que a arbitragem ou pessoal do VAR estão com má intenção, mas a boa vontade não há em relação ao Cuiabá, isso preciso declarar, porque conheço muito bem. O que estão fazendo com o Cuiabá hoje é literalmente um absurdo e não vou me calar diante de uma situação como essa, uma injustiça que está acontecendo, não é choro de perdedor”, disse.

O comandante ainda lembrou que erros contra o Dourado vem sendo frequentes. “É muita injustiça, então preciso expor essa minha indignação, todos estão vendo uma injustiça tremenda, mas somos os caçulas da Série A, um clube que está se estruturando, têm apenas 21 anos, mas vamos lutar com todas as forças, podem tentar de todas as formas, vamos conseguir ter o equilíbrio necessário, a força, organização, sangue nos olhos, e coragem para que possamos ultrapassar qualquer obstáculo”.

Sobre a atuação do time, Jorginho reconheceu que erros demasiados aconteceram e voltou a assumir a responsabilidade. “Faltou jogarmos como vínhamos jogando, um jogo muito organizado, muito eficiente, com poucos erros. Infelizmente tivemos muitos erros de passe hoje que culminaram naturalmente numa derrota, então o que faltou nesse momento, não creio que foi um desequilíbrio emocional. Estamos vivos, com grandes possibilidades e tenho certeza que vamos alcançar o objetivo”.

Com a derrota, o Cuiabá caiu para 15ª colocação e estaciona nos 43 pontos (três a mais que o Bahia, primeiro time da zona de rebaixamento). O próximo compromisso é diante do Athletico Paranaense, adversário direto na briga para escapar do Z4, na sexta-feira, às 18h, fora de casa. Em seguida, o Dourado recebe o Fortaleza (6 de dezembro) e fecha a competição visitando o Santos (dia 9).

Classificação

1 Atlético-MG – 78 pontos
2 Flamengo – 70
3 Palmeiras – 62
4 Corinthians – 56
5 Bragantino – 53
6 Fortaleza – 52
7 Fluminense – 52
8 América-MG – 49
9 Ceará – 49
10 Internacional – 48
11 Santos – 46
12 São Paulo – 45
13 Atlético-GO – 44
14 Juventude – 43
15 Cuiabá – 43
16 Athletico-PR – 42
17 Bahia – 40
18 Grêmio – 36
19 Sport Recife – 33
20 Chapecoense – 15

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria - atualizada às 10:01h)

Nenhum comentário: