Em fase de finalização da reforma, Dutrinha deve ser entregue em até 90 dias - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

terça-feira, 13 de julho de 2021

Em fase de finalização da reforma, Dutrinha deve ser entregue em até 90 dias

 


 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, afirmou que o estádio será reaberto dentro deste prazo.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, afirmou que o estádio Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, será entregue em até 90 dias. O palco esportivo está em fase de finalização de obras e passa pela maior reforma desde a sua construção, em 1952.

O prefeito da capital reforça que o símbolo do esporte mato-grossense será entregue com a honraria merecida. O Dutrinha foi interditado em fevereiro de 2015, por falta de segurança.

Estamos trabalhando muito para entregar o Dutrinha, o maior templo do futebol cuiabano para a população. Mas estamos fazendo ajustes, estamos finalizando o estacionamento, os muros ganharam uma cara nova com pinturas de artistas nossos, então estou colocando o prazo de 90 dias para entregar o Estádio a altura que o povo cuiabano merece”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Em razão da Copa América, que teve Cuiabá como uma das sedes, o estádio foi cedido à Conmebol para que fosse palco de treinamento das seleções que disputaram o torneio na Arena Pantanal. Apesar disso, o prefeito ressaltou que o Dutrinha ainda estava em processo de finalização da reforma.

Nunca disse que o nosso Dutrinha estava pronto. Eu, por vezes, recebo cobranças, mas sempre reforcei meu compromisso com a excelência. Nosso templo ainda está em obras”, reforça o prefeito de Cuiabá.

A reforma teve início em fevereiro de 2019 e foi dividida em três etapas: a primeira compreendeu a readequação de todo o espaço, atendendo a medidas de segurança e acessibilidade. A segunda etapa foi a mudança de posicionamento dos postes de iluminação e a troca do gramado. E a terceira etapa consiste na construção do novo muro e modernização dos vestiários.

Por: Da Redação olhar esportivo com Assessoria

 

 


Nenhum comentário: