Com falhas de Everson, Atlético-MG sofre gol no fim e perde para o Ceará - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

sexta-feira, 25 de junho de 2021

Com falhas de Everson, Atlético-MG sofre gol no fim e perde para o Ceará

 



 

Ceará e Atlético-MG jogaram na noite desta quinta-feira no Castelão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A partida foi de vitória para os mandantes, que abriram o placar em gol de Lima, logo aos 2 minutos de bola rolando. Na segunda etapa, aos 26, Gabriel empatou. No último lance da partida, aos 49, Gabriel Lacerda deu a vitória ao Ceará. Ambos os gols do Vozão contaram com falhas do goleiro atleticano Everson.

Com o resultado, o Atlético soma agora 10 pontos em seis jogos e, mesmo com a derrota, está encostado no G4, aberto pelo Palmeiras com os mesmos 10 pontos. O jogo significou a segunda vitória na competição para o Ceará, que soma agora oito pontos em seis jogos.

Na sétima rodada, o Galo visita o Santos na Vila Belmiro, no próximo domingo, às 20h30 (de Brasília). No mesmo dia e horário, o Vozão recebe no Castelão o São Paulo de Crespo, que ainda tenta engrenar no campeonato.

O jogo- O placar da partida ficou pouco tempo no zero. Aos 2 minutos de jogo, enquanto a defesa do Galo trocava passes dentro de sua grande área, o Ceará apertou e obrigou o goleiro Everson a afastar a bola, que caiu nos pés de Lima. O atacante chutou cruzado no canto e balançou as redes atleticanas.

Após marcar, o Ceará continuava a abafar seu adversário, dando pouco espaço para o Atlético, que, acuado, abusava de passes errados.

Se falhou no primeiro gol, o goleiro Everson chegou a fazer boas defesas. Aos 40 minutos, Lima, mais uma vez, levou perigo após limpar dois defensores e bater, com desvio, para o gol de Everson, que conseguiu espalmar. Aos 47, Jorginho recebeu livre na ponta esquerda da área e soltou a bomba, também defendida pelo arqueiro.

Após o intervalo, o Galo voltou mais tranquilo. Logo aos 5 minutos, Keno driblou seu marcador na ponta esquerda e cruzou para Hulk cabecear dentro da área. A bola passou ao lado da trave de Vinícius Machado.

O Atlético é quem ditava o ritmo do jogo neste momento. Hulk levou perigo mais uma vez aos 10 minutos em chute de longe. Mesmo com a perna direita, o atacante canhoto conseguiu assustar, com a bola passando rente à baliza e indo para fora.

Percebendo o bom momento do Galo, o técnico Cuca tentou deixar seu time ainda mais ofensivo. Com a entrada de Luiz Filipe no lugar de Zaracho, o time tinha agora quatro atacantes em campo.

As mudanças surtiram efeito. Aos 25, a equipe mineira criou mais uma chance com cabeçada do zagueiro Réver, obrigando grande defesa do goleiro para mandar para escanteio. A cobrança, feita por Guga, achou a cabeça de Hulk, que escorou para Gabriel, livre, também de cabeça, mandar no canto e empatar a partida.

O Atlético até teve chance de virar. Aos 37, Keno recebeu na entrada da área, limpou a defesa, mas bateu nas mãos do goleiro cearense.

Porém, mesmo com a pressão atleticana, o final de jogo foi cruel para os mineiros. Gabriel Lacerda deu a vitória ao Ceará no último lance da partida, aos 49 minutos. Vina cruzou e o zagueiro do Vozão cabeceou fraco, no canto. Everson, em mais uma falha, aceitou.

Gazeta Esportiva (foto: Pedro Souza/assessoria)


Nenhum comentário: