Árbitro relata que atleta do Nova Mutum agrediu adversário após jogo na Copa do Brasil - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

sexta-feira, 19 de março de 2021

Árbitro relata que atleta do Nova Mutum agrediu adversário após jogo na Copa do Brasil

 


O árbitro da partida entre Nova Mutum e Tombense, Ivan da Silva Guimarães relatou na súmula do jogo a expulsão direta do zagueiro do Azulão da Massa, Mendonça após agressão contra meio-campista do time mineiro, Matheus Paquetá. A partida foi, ontem, válida pela primeira fase da Copa do Brasil e terminou, em 0 a 0, com eliminação do time mato-grossense.

De acordo com o árbitro, a agressão aconteceu após o término da partida. O zagueiro do Nova Mutum agrediu Paquetá com um tapa no rosto e, em seguida, tentou acertar outro, mas o meio-campista conseguiu desviar.

O atleta do Tombense já estava caminhando em direção a saída do gramado, quando o zagueiro do Nova Mutum sai da área adversária, corre em sua direção e acertou o primeiro tapa. Em seguida, eles discutiram e Mendonça tentou acertar o segundo golpe. A falta de fair play (jogo limpo) ocorreu na frente da arbitragem.

Ainda segundo Ivan, depois da agressão, iniciou-se uma tentativa de confusão, que foi rapidamente controlada pela equipe de arbitragem. A Polícia Militar também precisou entrar em campo.

Esta foi a primeira participação do Nova Mutum na Copa do Brasil. Pelo regulamento da CBF, o Azulão da Massa precisava vencer para avançar, já que jogava em casa. O time mineiro tinha vantagem do empate e com a classificação garantiu R$ 675 mil.

O jogo foi marcado por muitos erros individuais, passes não executados e algumas chegadas mais fortes. O Nova Mutum parecia nervoso e não conseguia assustar o time mineiro. O adversário, por outro lado, também não foi efetivo e o jogo ficou truncado. Poucas foram as chances que levaram perigo real aos goleiros, que quase não foram acionados. O Azulão da Massa até marcou um gol, mas a arbitragem deu impedimento.

Outro lado
Por nota, a assessoria do Nova Mutum afirmou que o atleta admitiu o erro, “afirmando que caiu nas provocações do adversário. A direção do clube analisa os fatos internamente, mas de antemão pode afirmar conhecer a índole de seus atletas”.

Só Notícias/Luan Cordeiro 

Nenhum comentário: