Santos cede empate contra La Calera-CHI e perde chance de assumir liderança na Sul-Americana - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

sexta-feira, 29 de abril de 2022

Santos cede empate contra La Calera-CHI e perde chance de assumir liderança na Sul-Americana

 


O Santos deixou escapar uma boa chance de assumir a liderança do grupo C da Sul-Americana. Na noite desta quinta-feira, o Peixe até saiu na frente, mas ficou apenas no empate de 1 a 1 com o Unión La Calera-CHI, fora de casa, pela terceira rodada da fase de grupos do torneio.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano estacionou na terceira colocação da chave, com os mesmos quatro pontos do Banfield, que está em segundo. Já os chilenos retomaram a liderança, com cinco. Apenas o primeiro de cada grupo avança à próxima fase.

Agora, o Santos volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), o time encara o São Paulo, pela quarta rodada, no Morumbi. La Calera, por sua vez, visita o Banfield, na próxima quinta-feira, às 21h30, pela Sul-Americana.

O jogo – Mesmo atuando fora de casa, os brasileiros iniciaram o primeiro tempo pressionando os rivais. Com isso, não demorou para a rede balançar. Com o relógio marcando 10 minutos, Ricardo Goulart pegou a sobra na entrada da área e ajeitou para Angulo, que emendou um belo chute de primeira para colocar o Peixe na frente.

Após marcar o gol, no entanto, o Alvinegro Praiano recuou e permitiu que os chilenos tomassem conta do jogo. Aos 11, Sáez foi acionado na direita e bateu na rede pelo lado de fora. Já aos 28, saiu o empate. Valencia recebeu cruzamento de Fernández e disparou um forte chute cruzado, sem chances para João Paulo.

A resposta dos visitantes saiu pouco tempo depois. Com 31 minutos, Ângelo encontrou grande passe para Ricardo Goulart, que tentou desviar de bico, mas o meia pegou mal na bola e mandou para fora.

A partir de então, La Calera voltou a tomar conta das ações do jogo. Os mandantes, porém, tiveram dificuldades para transformar a posse em chances reais. A equipe rodou a bola na entrada da área e buscou o cruzamento diversas vezes, mas em nenhum teve êxito.

Na volta do intervalo, o Santos tentou retomar o controle do embate. Com cinco minutos, Zanocelo cobrou falta da entrada da área e tirou tinta do travessão. Na sequência, Angulo recebeu ótimo passe de Goulart, mas viu o goleiro se adiantar para tomar a bola. Já aos 11, foi a vez de Madson tentar. O lateral foi lançado na direita e bateu firme para a defesa de Arce.

Do outro lado, os chilenos seguiam rondando a área alvinegra. Com 19 minutos, Passerini recebeu bom passe, invadiu a área e tentou finalizar cruzado. No meio do caminho, porém, a bola desviou na defesa e se perdeu pela linha de fundo.

O Peixe respondeu aos 24. Gabriel Pirani pegou a sobra na intermediária e arriscou perigoso chute colocado que passou a direita de Arce.

Já nos acréscimos, saiu a melhor jogada dos brasileiros na etapa final. Lucas Braga driblou a marcação na ponta direita e tocou para Baptistão. O atacante, então, dominou e soltou o pé. Atento, Arce cresceu e evitou que a bola entrasse, decretando o empate.

Gazeta Esportiva (foto: Ivan Storti/assessoria)

Nenhum comentário: