Brasil vence Colômbia em Itaquera e garante classificação antecipada à Copa do Mundo - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

sexta-feira, 12 de novembro de 2021

Brasil vence Colômbia em Itaquera e garante classificação antecipada à Copa do Mundo

 


A Seleção Brasileira garantiu a classificação à Copa do Mundo de 2022 na noite desta quinta-feira. Na Neo Química Arena, o time dirigido por Tite venceu a Colômbia por 1 a 0 e, de forma antecipada, já assegurou presença no torneio a ser disputado no Catar.

Com 34 pontos em 12 partidas, a Seleção lidera as Eliminatórias Sul-Americanas. Seguido por Argentina (25), Equador (20) e Chile (16), o Brasil não sai mais do grupo dos quatro primeiros até a 18ª rodada. Já a Colômbia, com 16 pontos, figura no quinto posto.

Pela 14ª rodada das Eliminatórias, a Colômbia enfrenta o Paraguai às 20 horas (de Brasília) desta terça-feira, no Metropolitano de Barranquilla. Às 20h30 do mesmo dia, no Estádio del Bicentenario, o Brasil volta a campo para pegar a rival Argentina.

O Jogo – A Colômbia começou bem a partida e assustou primeiro na Neo Química Arena. Logo no começo, Barrios aproveitou sobra após cruzamento da direita e mandou por cima do gol de Alisson. Depois, Zapata recebeu de Lerma e, de dentro da área, finalizou com perigo.

A Seleção Brasileira respondeu em jogada pelo lado direito do gramado. Raphinha dominou e percebeu a passagem de Danilo em velocidade. Acionado, o lateral cruzou rasteiro, a bola desviou na marcação de Tesillo e tocou na trave da meta defendida por Ospina.

Em mais uma boa chegada da Colômbia, Cuadrado cortou Alex Sandro pela direita e tocou para chute muito perigoso de Luis Diaz. Na última chance do primeiro tempo, já nos acréscimos, Neymar cobrou escanteio da esquerda e Marquinhos quase abriu o placar ao completar de cabeça.

Diante das dificuldades ofensivas do Brasil na etapa inicial, o técnico Tite voltou para o intervalo com Vinícius Jr. no lugar de Fred. Com o ataque fortalecido pelo jovem do Real Madrid, Neymar levou perigo em cobrança de falta pela direita, mas o goleiro Ospina conseguiu defender.

Vendo seu time ganhar volume de jogo, Tite promoveu as entradas de Antony e Matheus Cunha. Aos 26 minutos, Marquinhos interceptou lançamento de Tesillo e tocou para Neymar. De primeira, o camisa 10 passou para Lucas Paquetá finalizar diante de Ospina, que ainda tocou na bola, mas não evitou o gol do Brasil.

As mudanças de Tite surtiram efeito, e a Seleção evoluiu significativamente no segundo tempo, sem correr maiores riscos no campo de defesa. Na última chance da partida, em jogada de contra-ataque, Vinícius Jr. tabelou com Neymar e chegou a driblar Ospina, mas acabou se desequilibrando.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria)

Nenhum comentário: