Flamengo deslancha no 2º tempo, vence o Fortaleza e segue perseguindo a liderança do Brasileirão - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

Flamengo deslancha no 2º tempo, vence o Fortaleza e segue perseguindo a liderança do Brasileirão

 


Desfalcado, mas vivo na briga pelo tricampeonato brasileiro. O Flamengo superou a ausência de sete jogadores titulares e venceu o Fortaleza, neste sábado, por 3 a 0, no Castelão, pela 25ª rodada. Um resultado fundamental para continuar à caça do líder Atlético-MG.

O Flamengo foi letal, ao estilo Renato Gaúcho, e emendou um gol atrás do outro para construir a vitória. A atuação não empolgou, mas o contexto pesa, como a rotina de jogos e os desfalques. O clube carioca evita deixar o Galo se distanciar e se mantém no páreo, embora a ladeira a subir seja considerável.

Com a vitória, o Flamengo mantém a vice-liderança e pula para 42 pontos, 11 a menos que o Atlético-MG. Entretanto, o clube carioca tem dois jogos a menos em relação ao rival mineiro. Já o Fortaleza continua com 39 pontos em 25 jogos e está na quarta colocação.

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Juventude, nesta quarta-feira, às 19h (horário de Brasília), no Maracanã. O Fortaleza tem mais um jogo em casa: enfrenta o Grêmio, nesta quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Castelão.

O desfalcado Flamengo contou com apenas quatro jogadores considerados titulares: Rodrigo Caio, Filipe Luís, Willian Arão e Andreas Pereira. O clube carioca sofre com lesões e também com as convocações.

O Flamengo, apesar dos desfalques, tomou a iniciativa do jogo. Aos oito minutos, Thiago Maia arriscou de fora da área e levou perigo. Entretanto, a partida não “pegou”. Foram muitas paralisações, choques e atendimento médico.

Apesar de ser superior, o Flamengo não conseguia criar. Quando achava espaço, errava o passe ou a tomada de decisão. O Fortaleza, por sua vez, pouco ameaçava. Os donos da casa buscavam o contra-ataque ou surpreender em lançamentos. Foi assim que Pikachu apareceu na área, mas cabeceou para fora. O primeiro tempo terminou sem gol e sem muita emoção.

O Fortaleza ensaiou uma blitz no começo do segundo tempo. David, que entrou no lugar de Edinho, carregou e foi travado por Léo Pereira. Na batida de escanteio, Wellington Paulista, na pequena área, não conseguiu completar.

Com dificuldade para criar, o jeito para o Flamengo foi recorrer à bola parada. Aos 14 minutos, Andreas Pereira bateu escanteio, o goleiro Felipe Alves não achou nada e Pedro completou para o gol: 1 a 0.

Foi com ajuda da bola parada que o Flamengo ampliou, quatro minutos depois. Andreas Pereira cobrou falta, a bola desviou e quase enganou Felipe Alves. O rebote do goleiro, entretanto, ficou à feição. Michael completou e fez 2 a 0.

O Flamengo, então, mostrou uma característica da era Renato Gaúcho: emendar um gol atrás do outro. Três minutos depois, Matheuzinho desceu pela direita e cruzou para Michael, de cabeça, fazer 3 a 0.

O Fortaleza até a cabeça perdeu. Ronald se enroscou com Rodrigo Caio, acertou um tapa no zagueiro e foi expulso. Com a vantagem numérica e no placar, o Flamengo passou a administrar o jogo. Renato aproveitou para rodar o elenco. O clube carioca tem uma maratona pela frente e continua no páreo no Brasileirão.

Gazeta Esportiva (foto: Alexandre Vidal/assessoria)


Nenhum comentário: