Por Saulo, Kashima Antlers-JPN oferece R$ 4 milhões e Everaldo ao Ceará - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Por Saulo, Kashima Antlers-JPN oferece R$ 4 milhões e Everaldo ao Ceará

 


Segundo colega Júnior Marquezine, da Rádio Jovem Pan News, presidente Robinson de Castro já teria oferta em mãos para vender artilheiro do Vozão.

Ceará está muito próximo de selar a venda de Saulo Mineiro ao futebol japonês. Matéria do colega Mário Kempes, que cobre o clube nordestino, desta quarta-feira (07) reproduz a informação de Júnior Marquezine, da Rádio Jovem Pan News, indicando que o Kashima Antlers já teria feito uma proposta oficial ao Vozão. 

Saulo nem viajou com a delegação para enfrentar o Fluminense logo mais, às 21h30 (horário de Brasília), em São Januário, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo a reportagem, a oferta do Kashima teria sido na casa dos R$ 4 milhões e mais o empréstimo do atacante Everaldo (ex-Chapecoense). 

Aos 30 anos, Everaldo já foi sondado por vários clubes brasileiro desde que deixou a Chape rumo ao Oriente. Grêmio, Corinthians, São Paulo, Atlético-MG e Athletico-PR foram somente alguns no cenário nacional. 

A diretoria do Vovô avalia a proposta com o empresário do atleta e obviamente com o próprio Saulo. Oficialmente o presidente Robinson de Castro confirma sondagens, mas rechaça ofertas pelo centroavante, que tem contrato válido em Porangabuçu até dezembro de 2022. O Ceará detém 70% dos direitos econômicos do atleta. 

Após a venda do volante Charles ao futebol da Dinamarca na semana passada, o próprio Robinson admitiu que o clube precisaria vender de 1 a 3 atletas a mais do elenco de Guto Ferreira. “Para seguirmos com as contas em dia, vamos negociar mais jogadores”, afirmou o mandatário alvinegro. 

A janela de transferências internacionais no Japão abre no próximo dia 12 de julho e ficará à disposição até 11 de agosto. Desde 2020, Saulo tem 12 gols com a camisa do Vozão, sendo 8 somente na atual temporada. 

 

Fonte: Bola Vip

 


Nenhum comentário: