São Paulo é derrotado pelo Atlético no Mineirão e segue sem vencer no Brasileiro - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

domingo, 13 de junho de 2021

São Paulo é derrotado pelo Atlético no Mineirão e segue sem vencer no Brasileiro

 


Não foi dessa vez que o São Paulo conquistou sua primeira vitória neste Campeonato Brasileiro. Neste domingo, no Mineirão, o time comandado por Hernán Crespo visitou o Atlético-MG, um dos candidatos ao título, e não conseguiu fazer frente ao rival, saindo de campo com a derrota por 1 a 0. Jair balançou as redes para o Galo.

Miranda, capitão do Tricolor, teve de ser substituído ainda no primeiro tempo alegando incômodos musculares. Crespo aproveitou a ocasião para mudar o esquema da equipe, que passou a jogar no 4-4-2 com a entrada de Igor Vinícius na vaga do experiente zagueiro, mas a estratégia não surtiu efeito.

Com o resultado, o Atlético-MG se reabilita na competição. Depois de estrear com derrota para o Fortaleza, Hulk e companhia venceram o Sport, no último fim de semana, e agora venceram o São Paulo para se aproximarem do G4. O Tricolor, por sua vez, figura à beira da zona de rebaixamento.

O jogo – O Atlético-MG começou o jogo mais ligado que o São Paulo e não demorou muito para levar perigo à meta defendida por Tiago Volpi. Aos oito minutos, Keno saiu cara a cara com o goleiro tricolor, mas viu o rival fazer a defesa, ficando com a bola entre as pernas. O Tricolor, por sua vez, respondeu cinco minutos depois com Rigoni. O atacante, improvisado na lateral direita, cortou para o meio, invadiu a área e soltou a bomba, mas mandou longe do gol.

Se os são-paulinos não conseguiram estufar as redes, melhor para os atleticanos. Aos 16, Hulk fez boa jogada individual, abriu na direita, e Hyoran cruzou rasteiro, para o meio da área, encontrando Jair, que, nas costas de Miranda, precisou apenas completar para o fundo das redes, abrindo o placar no Mineirão.

Daí em diante, o jogo esfriou. O Atlético-MG passou a esperar um descuido do São Paulo para ampliar. Os visitantes, por sua vez, tentavam sair para o jogo, mas enfrentavam dificuldades para furar o forte sistema defensivo adversário. Ainda assim, antes de as equipes irem para o intervalo, o Tricolor teve a melhor chance para empatar. Gabriel Sara recebeu na direita e cruzou rasteiro para o meio da área. O zagueiro Réver tentou cortar, mas jogou contra o próprio gol, exigindo uma defesaça de Everson, que, esbanjando reflexo, garantiu a vantagem do Galo no primeiro tempo.

Na etapa complementar o São Paulo tentou correr atrás do prejuízo, mas pouca coisa mudou em relação ao primeiro tempo. Ainda assim, o time comandado por Hernán Crespo conseguiu levar perigo à meta adversária aos sete minutos, quando Reinaldo fez o cruzamento, mas ninguém conseguiu completar para o fundo das redes e Guilherme Arana acabou afastando.

O Atlético-MG respondeu pouco depois com Allan, que conduziu e optou por experimentar de longa distância, mas mandou para fora. Posteriormente foi a vez de Jair arriscar de fora, mas também faltou pontaria ao volante autor do primeiro gol do jogo.

Diante da ineficiência de sua equipe, Crespo promoveu as cinco substituições a que tinha direito, mas foi a mexida do Atlético-MG que, por pouco, não ampliou a vantagem no placar. Mariano, que entrou na vaga de Guga, chegou à linha de fundo e cruzou fechado, obrigando Tiago Volpi a se esticar para evitar o segundo gol atleticano. Mas acabou ficando por isso mesmo. Mais uma vitória do Galo, mais um tropeço do Tricolor.

Gazeta Esportiva (foto: Pedro Souza/asses


Nenhum comentário: