Órgãos de Segurança proíbem aglomeração de torcedores no entorno da Arena Pantanal - Na Cara do Gol MT

Últimas Notícias

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Órgãos de Segurança proíbem aglomeração de torcedores no entorno da Arena Pantanal

 


Entidades de Segurança do Estado determinaram que não será permitido aglomerar na área externa da Arena em jogos da Série A.

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (25) na Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), foi determinado que não será permitido aglomerações de pessoas no entorno da Arena Pantanal. Em razão da pandemia de Covid-19, está vetada a presença de torcedores nos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro.

O Cuiabá estreia na competição como mandante, neste sábado (29), a partir das 18h, contra o Juventude. Para este jogo, a Sesp junto da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer definiram as estratégias de segurança que serão adotadas.

A reunião, conduzida pelo coronel Fortes e pelo secretário adjunto de Esporte e Lazer Jefferson Carvalho Neves, reuniu representantes da Semob, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Politec, Poder Judiciário, SMTU, Sistema Penitenciário entre outras entidades.

É preciso trabalhar em conjunto com todos os órgãos para garantirmos a segurança de todos. O primeiro compromisso da Série A será o jogo teste para os próximos que virão. Daí a necessidade de mantermos todos os setores do entorno da Arena Pantanal guarnecida de segurança”, argumentou o adjunto de Esporte e Lazer Jefferson Neves.

O coronel Fortes afirmou que é preciso prevenir qualquer tipo de surpresa desagradável que possa desabonar a segurança do evento em Cuiabá. “Ainda não há previsão de volta do público nos estádios. Falam em liberar 10%, 20%, mas neste primeiro momento, não há previsão de retorno do público. Então temos que trabalhar a contento para evitar o pior”, esclareceu.

Ficou estabelecido no encontro um Procedimento Operacional Padrão (POP), visando criar uma rotina para que cada um dos integrantes - Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos, Ministério Público, Defensoria Pública, Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Politec, Corpo de Bombeiros e a Polícia Penal - durante as partidas. Esses órgãos vão ficar em um espaço dentro da Arena Pantanal em atendimento aos casos dos crimes previstos no Estatuto do Torcedor.

A magistrada Patrícia Ceni, do Juizado Especial do Torcedor, destacou que mesmo com os jogos com portões fechados, o Estatuto do Torcedor prevê que quem praticar atos de violência e vandalismo em um raio de 5 km dos estádios, promover confusão ou invadir o campo pode ser punido com o pagamento de multa, banimento dos locais das partidas e prisão de um a dois anos.

Os primeiros jogos do Cuiabá contra o Juventude e o Atlético Goianiense, acredito que não devem atrair tantas pessoas no entorno da Arena, como pode acontecer na partida contra o Grêmio e depois o Flamengo. Temos que estar preparados desde o jogo inaugural para evitarmos qualquer tipo de surpresa, principalmente nas vindas de times do Rio e de São Paulo, que devem atrair muitas pessoas para os bares no entorno da Arena Pantanal”, destacou.

 

 

Por: Da Redação com Assessoria

 


Nenhum comentário: